Downloads válidos vs downloads totais

Se você entrou no Megafono recentemente percebeu que as coisas mudaram um pouco por lá, a grande mudança foi a forma que mostramos os downloads, e por causa disso, nesse último mês boa parte do meu trabalho foi acalmar os produtores em relação ao que estava acontecendo. Talvez você tenha sido um desses produtores.

Tudo começa em junho do ano passado, quando nossa estrutura de armazenamento de downloads chegou no seu limite, trabalhamos para resolver isso na segunda metade do ano, e no final dele todos os podcasts hospedados no Megafono estavam usando esse novo sistema. Eu preciso tirar um tempo para falar melhor desse novo sistema, mas ele leva em consideração padrões da indústria de podcast para contabilizar downloads. Nesse começo de ano, trabalhamos em migrar os dados da estrutura antiga para a nova, e desligamos definitivamente a estrutura antiga.

Foi justamente nesse momento que percebemos que, apesar de toda engenharia para computar os downloads válidos, estávamos mostrando para você apenas os downloads totais, parte disso é culpa da herança do modelo antigo.

O ouvinte, dependendo da forma que ele escuta seu podcast, e com forma eu quero dizer no conjunto de fatores como o player que ele usa, conexão com a internet que ele tem, se escuta direto ou faz pausas, em casa ou no trabalho, e por aí vai, faz vários downloads, na verdade, para falar mais próximo da realidade ele faz vários pedidos para seu arquivo de áudio, alguns fazem pedidos do arquivo inteiro outros de pedaços, isso vai depender da forma como eu disse e as vezes do tamanho do seu arquivo, tem casos, não raros, de mais de 400 pedidos de um mesmo arquivo para um mesmo ouvinte, isso acontece devido ao fato do que chamamos de streaming hoje, na maior parte do tempo, é uma técnica de partir o arquivo em pedaços e ir pedindo esses pedaços conforme o cliente, nesse caso o player de áudio/vídeo, vai precisando. No caso do exemplo, foi pedido 400 pedaços do arquivo, fazemos uma análise de cada pedido desses e agrupamos os pedidos vindo de um mesmo ouvinte para o mesmo arquivo, os 400 pedidos são o que chamamos de downloads parciais, uma informação perto de ser inútil, depois do agrupamento e alguns filtros, temos, no caso do exemplo, 1 download válido. Pode ser chocante a diferença mais, esse número 1 é o mais perto de certo do que realmente está acontecendo com seus episódios.

Alguém nos perguntou se esse modelo é definitivo, sim, é definitivo, até a indústria de podcast encontrar uma forma melhor de mensurar podcast, nossa intenção é com certeza saber quantos ouvintes seu episódio tem, e as tecnologias hoje nos permite chegar próximo disso, quanto mais perto melhor.

Vamos conversar e discutir sobre essas mudanças, você nos encontra no twitter em @megafono_host, no telegram em t.me/megafonohost e no podosfera.org em https://podosfera.org/megafono

Emerson Almeida, do Megafono, até a próxima e tchau